Antipoesia, metapoesia e ironia na obra poética de Nicanor Parra

Autores

DOI:

https://doi.org/10.25094/rtp.2021n32a732

Palavras-chave:

Nicanor Parra, Antipoesia, Metapoesia, Ironia

Resumo

O objetivo deste artigo é analisar a questão da antipoesia e sua relação com a ironia e a metapoesia na obra do poeta chileno Nicanor Parra. Por ser um autor ainda pouco conhecido no Brasil, abordam-se, primeiro, alguns aspectos de sua vida e obra, por meio de levantamento de dados biobibliográficos. Em seguida, busca-se identificar os temas centrais na obra do poeta, para, finalmente, analisar, sob a perspectiva da antipoesia, da metapoesia e da ironia, uma seleta de poemas publicados em livros entre 1954 e 1963. Na base teórico-crítica utilizada, destacam-se, entre outros, Croce (1967), Fernández Retamar (1995), Schopf (2000), Cabañas (2003) e Muñoz (2009).

Biografia do Autor

João Claudio Arendt, Universidade Federal do Espírito Santo (UFES)

Docente permanente no Programa de Pós-Graduação em Letras da Universidade Federal do
Espírito Santo (UFES).

Rafael de Lucena Iotti, Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS)

Aluno de Mestrado do Programa de Pós-graduação em Letras da Universidade Federal do Rio
Grande do Sul (UFRGS).

Referências

AYALA, Matias. Lugar incomodo: poesia y sociedad en Parra, Lihn y Martinez. Santiago: Ediciones Universidad Alberto Hurtado, 2010.

BINNS, Niall. Aproximaciones de la obra de Nicanor Parra. Revista Universidad De Pensamiento y Cultura De La BUAP, n. 33, p. 4-37, 2018.

CABANAS, Ana Teresa. Nicanor Parra: a ruptura poética da antipoesia. Expressão, v. 1, n. 1, p.196-202, 2003.

CROCE, Benedeto. A poesia. Tradução Flavio Loureiro Chaves. Porto Alegre: A Nação, 1967.

DUARTE, Lelia Parreira Duarte. Ironia, humor e fingimento literário. Cadernos de Pesquisa, n.15, p. 61-63, 1994.

FERNANDEZ RETAMAR, Roberto. Para una teoria de la literatura hispanoamericana: primera edicion completa. Santafe de Bogota: Imprenta Patriotica del Instituto Caro y Cuervo, 1995.

FRIEDRICH, Hugo. Estrutura da lírica moderna: metade do século XIX a metade do século XX. Tradução Dora F. da Silva. São Paulo: Duas Cidades, 1978.

GOELLNER, Leticia M. V. S. .Es posible definir la antipoesia? .Quien seria el antipoeta? Un analisis del poema Test, de Nicanor Parra, buscando respuestas a estas preguntas. Mafua, v. 17, n. 17, 2011.

GOMBROWICZ, Witold; PERET, Benjamin. Contra os poetas. Lisboa: Antígona, 1989.

HAMBURGER, Michael. A verdade da poesia: tensões na poesia moderna desde Baudelaire. São Paulo: Cosac Naify, 2007.

IBANES LANGLOIS, Jose Miguel. La poesia de Nicanor Parra: Nicanor Parra; Antipoemas. Barcelona: Seix Barral, 1976.

IOTTI, Rafael. Chistes para desorientar a academia. Orientadora: Carina M.M. Niederauer. 51 f. TCC (Graduação) – Curso de Letras – Licenciatura, Universidade de Caxias do Sul, Caxias do Sul, 2020. Disponível em: https://repositorio.ucs.br/11338/6361. Acesso em: 13 jan. 2021.

MORALES, Leonidas. Diccionario Enciclopedico de las Letras de América Latina. Caracas: Monte Avila Editores, 1998.

MUÑOZ, Antonia Javiera. Antipoesia em Lear rey & mendigo de Nicanor Parra. 2009. 251 f. Tese (Doutorado) – Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2009.

NERUDA, Pablo. Sobre uma poesia sem pureza. In: SCHWARTZ, Jorge. Vanguardas latino-americanas: polemicas, manifestos e textos críticos. São Paulo: Edusp, 1995.

PARRA, Nicanor. El último apaga la luz: obra selecta. 2. ed. Santiago de Chile: Penguim Random House Grupo Editorial, 2017.

PARRA, Nicanor. Obras completas & algo + (1935-1972). Barcelona: Ediciones Galaxia Gutemberg, 2006.

PARRA, Nicanor. Só para maiores de cem anos. Tradução Joana Barossi Cide Piquet. São Paulo: Editora 34, 2018.

PARRA, Nicanor; MORAES, Vinicius. Nicanor Parra y Vinicius de Moraes. Rio de Janeiro; ABL; Santiago de Chile: Academia Chilena de la Lengua, 2009.

PARRA, Nicanor. Nicanor Parra: o el artefacto com laureles. Entrevista concedida a Mario Benedetti. Revista Marcha, p. 13-15, 17 oct. 1969.

PAZ, Octávio. Os filhos do barro. Tradução Ari Roitman e Paulina Wacht. 2. ed. São Paulo: Cosac Naify, 2013.

PROPP, Vladimir. Riso e comicidade. São Paulo: Ática, 1992.

RODRIGUEZ FERNANDEZ, Mario. Nicanor Parra, destructor de mitos. Archivo

Chile: Centro de Estudios Miguel Enriquez (CEME), 2007.

SCHOPF, Federico. A medio siglo del Antipoema. Santiago: El Mercurio, 2000.

WITTGENSTEIN, Ludwig. Fichas (Zettel). Lisboa: Edições 70, 2017.

Downloads

Publicado

2021-02-14

Como Citar

Arendt, J. C., & Iotti, R. de L. (2021). Antipoesia, metapoesia e ironia na obra poética de Nicanor Parra. Revista Texto Poético, 17(32), 9–36. https://doi.org/10.25094/rtp.2021n32a732