A lírica contemporânea de Fernando Fiorese e de José Fernandes: Relações intertextuais com as tradições

Rosângela Aparecida CARDOSO

Resumo


Este artigo investiga, no âmbito da lírica brasileira contemporânea, a intertextualidade em poemas da obra Corpo portátil (2002), de Fernando Fábio Fiorese Furtado, e da obra Cicatrizes para afagos (2002), de José Fernandes, elucidando o “esfolhamento das tradições” (cânone descanonizado) que perpassa a (re)criação poética, amalgamado à reflexão sobre o fazer literário.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.25094/rtp.2012n12a96

Apontamentos

  • Não há apontamentos.

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia

Indexado nas seguintes bases bibliográficas:

Periódicos Capes  Latindex  Diadorim  Abec  Google Acadêmico  Sumários.Org  LivRe  DOAJ   Clase