A influência ou “Os balcões sucessivos sobre o rio”, de Ruy Belo

Ana Maria Pereira Soares

Resumo


Para Ruy Belo, a influência da tradição no poeta tardio é inevitável e aquele que busca a sua singularidade tem de ter consciência desta realidade inescapável. Neste estudo, é analisada a dimensão hipertextual deste autor, incidindo-se sobretudo a atenção sobre “Os balcões sucessivos sobre o rio”, composição que introduz o último livro do poeta, Despeço-me da terra da alegria (1977), e que dá continuidade aos processos compositivos e às problemáticas abordadas no magnífico poema longo, A margem da alegria (1974).


Palavras-chave


Ruy Belo; influência; hipertextualidade; mal.

Texto completo:

PDF

Referências


BIBLIOGRAFIA CITADA :

AUTOR (2017).

BASSET, Lytta. Guérir du Malheur. Paris: Albin Michel / Labor et Fides, 2002.

BELO, Ruy. Todos os Poemas. Lisboa: Assírio & Alvim, 2014.

______. Na Senda da Poesia. Lisboa: Assírio & Alvim, 2002.

BESSA-LUÍS, Agustina. O Manto. Lisboa: Bertrand, s/d.

ELIOT, T. S. Los Poetas Metafísicos y otros Ensayos sobre Teatro y Religión. Buenos Aires: Emecé Editores, S. A., s/d.

GENETTE, Gérard. Palimpsestes – La Littérature au Second Degré. Paris: Éditions du Seuil, 1982.

GORGULHO, Gilberto da Silva, et al. Bíblia de Jerusalém. São Paulo: Paulus, 2015.

HORÁCIO. Arte Poética. Lisboa: Editorial Inquérito, 1984.

KRISTEVA, Julia. ?????????? – Recherches pour une Sémanalyse. Paris: Éditions du Seuil, 1978.

TODOROV, Tzvetan. Mikhaïl Baktine – Le Principe Dialogique suivi de Écrits du Cercle de Bakhtine. Paris: Éditions du Seuil, 1981.




DOI: http://dx.doi.org/10.25094/rtp.2020n30a635

Apontamentos

  • Não há apontamentos.

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia

Indexado nas seguintes bases bibliográficas:

Periódicos Capes  Latindex  Diadorim  Abec  Google Acadêmico  Sumários.Org  LivRe  DOAJ   Clase