A performance poética e o fascínio do poema “Voa” de Lêda Selma, musicado por Ivan Lins

Maria de Fátima Gonçalves LIMA

Resumo


O poema “Voa”, de Lêda Selma, musicalizado por Ivan Lins, exerce uma performance poética por meio da pluralidade semântica do texto literário, combinada com vocalidade fascinante da poesia que cativa o ouvinte-espectador. Esse enlevo do poema provoca a imaginação coletiva em torno do devaneio e sonho de liberdade para voos e mundos que abrigam a força de anseios próprios do ser humano e que se encontram na antropologia do imaginário. Esse ânimo, provocado pela força sêmica do texto poético de Lêda Selma, aliado à vocalização da música de Ivan Lins, performatiza, ainda mais, a ação do poema perante as redes sociais e outras mídias, combinadas com os leitores da poesia da autora.

Palavras-chave: Performativo. Vocalidade. Pluralidade sêmica. Fascinação. Visão performativa do voo.

Texto completo:

PDF

Referências


BACHELARD, Gaston. A poética do devaneio. São Paulo: Martins Fontes, 1988.

BOSI, Alfredo. O ser e o tempo da poesia. São Paulo: Companhia das Letras, 2000.

COHEN, Jean. A plenitude da linguagem (Teoria da Poeticidade). Trad. José Carlos Seabra Pereira. Coimbra: Livraria Almedina, 1987.

DURAND, Gilbert. As estruturas antropológicas do imaginário. Trad. Hélder Godinho. São Paulo: Martins Fontes, 2012.

FRIEDRICH, Hugo. A Estrutura da Lírica Moderna. Trad. Marise N. Curioni. São Paulo: Duas Cidades, 1978.

GOLDBERG, Roselee. A arte da performance. Trad. Jefferson Luiz Camargo. São Paulo: Martins Fontes, 2006.

LEFEBVRE, Maurice Jean. Estrutura do Discurso da Poesia e da Narrativa. Coimbra: Livraria Almeida, 1980.

NUNES, Benedito. Passagem para o Poético. São Paulo: Ática, 1986.

PAZ, Octavio. O Arco e a Lira. Trad. Olga Savary. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1982.

POUD, Ezra. ABC da Literatura. Trad. Augusto de Campos e José Paulo Paes. São Paulo: Cultrix, 2002.

RICOEUR, Paul. A metáfora viva. Trad. Dion Davi Macedo. São Paulo: Edições Loyola, 2000.

SELMA, Lêda. À deriva. 2. ed. Goiânia: Kelpes, 2008.

TELES, Gilberto Mendonça. A escrituração da escrita: teoria e prática do texto literário. Petrópolis, RJ: Vozes, 1996.

ZUNTHOR, Paul. A Letra e a Voz: A “literatura” medieval. Trad. Amálio Pinheiro, Jerusa Pires Ferreira. São Paulo: Companhia das Letras, 1993.

_______. Performance, Recepção e Leitura. Trad. Jerusa Pires Ferreira, Suely Fenerich. São Paulo: EDUC, 2000.

_______. Introdução à poesia oral. Trad. Jerusa Pires, Maria Lúcia Diniz Pochat, Maria Inês de Almeida. Belo Horizonte; Ed. UFMG, 2010.




DOI: http://dx.doi.org/10.25094/rtp.2015n18a404

Apontamentos

  • Não há apontamentos.

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia

Indexado nas seguintes bases bibliográficas:

Periódicos Capes  Latindex  Diadorim  Abec  Google Acadêmico  Sumários.Org  LivRe  DOAJ   Clase