A ANTOLOGIA POÉTICA NO ANTIGO REGIME: APONTAMENTOS SOBRE OS APARATOS BIBLIOGRÁFICOS DA FÊNIX RENASCIDA

Cássio BORGES

Resumo


A Fênix Renascida, antologia poética organizada por Mathias Pereira da Sylva durante a primeira metade do século XVIII, reúne a mais ampla amostra impressa da poesia seiscentista lusitana. Os cinco volumes que a integram foram editados pela primeira vez em 1716, 1717, 1718, 1721 e 1728, respectivamente, e, em 1746, uma vez mais “acrescentada”, ela aparece em sua derradeira configuração. No presente ensaio, examinamos alguns dos aparatos bibliográficos que acompanham as impressões setecentistas dessa antologia, tendo em vista o estudo das convenções bibliográficas e dos protocolos de escrita e de leitura que balizam a sua produção e a sua circulação.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.25094/rtp.2016n20a350

Apontamentos

  • Não há apontamentos.

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia

Indexado nas seguintes bases bibliográficas:

Periódicos Capes  Latindex  Diadorim  Abec  Google Acadêmico  Sumários.Org  LivRe  DOAJ   Clase